Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Banco Central acaba com linha subsidiada para investimento

Loading...

ECONOMIA

Banco Central acaba com linha subsidiada para investimento

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Banco Central anunciou nesta quinta-feira (21) o fim de uma linha de crédito com juros baixos para investimentos.
Desde 2012, bancos públicos e privados podiam utilizar 20% dos compulsórios sobre depósitos à vista para empréstimos com as mesmas características do PSI (Programa de Sustentação do Investimento), principal linha usada após a crise de 2008/2009.
Em dezembro, o BC decidiu que novos empréstimos nessa linha só poderiam ser deduzidos dos compulsórios (dinheiro que fica retido no BC) até 2019. Agora, anunciou o fim da linha, que soma hoje cerca de R$ 15 bilhões. Com a decisão, esse saldo deverá ser reduzido na medida em que os empréstimos forem vencendo.
PSI
No mês passado, o governo decidiu encerrar o PSI, que gerava elevadas despesas com subsídios para o governo federal e ficou conhecido como "Bolsa Empresário".
O PSI, concedido por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), terminou com uma conta para pagar de pelo menos R$ 214 bilhões.
A maior parte desse valor (R$ 184 bilhões) entrará na contabilidade da União como dívida pública. O restante (R$ 30 bilhões) terá de ser coberto pelo Tesouro até 2041 para compensar a diferença entre os juros pagos pelo BNDES à União na captação dos recursos (mais elevados) e as taxas cobradas dos tomadores dos empréstimos (abaixo da inflação).


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias