Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dólar passa de R$ 4 com incertezas sobre petróleo e China; Bolsa cai

Loading...

ECONOMIA

Dólar passa de R$ 4 com incertezas sobre petróleo e China; Bolsa cai

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dólar sobe em relação ao real nesta quinta-feira (14), em mais um dia marcado por apreensão nos mercados internacionais.
Nos últimos dias, o mercado vem sendo cauteloso, já que ainda se preocupa com a saúde da economia chinesa e a volatilidade dos preços do petróleo. Essa preocupação atinge moedas emergentes, como o real.
"O viés externo continua sendo de cautela", disse o superintendente regional de câmbio da corretora SLW João Paulo de Gracia Correa.
Às 12h03 (de Brasilia), o dólar à vista, referência no mercado financeiro, subia 0,74%, a R$ 4,023 na venda. Já o dólar comercial, utilizado no comércio exterior, se valorizava 0,34%, a R$ 4,025.
Na sessão passada, dados melhores que o esperado sobre a China trouxeram algum alívio, mas o bom humor perdeu força ao longo da tarde conforme os preços do petróleo voltaram a recuar às mínimas em quase 12 anos.
No cenário local, o mercado aguardava a reunião do Ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, após o fechamento dos negócios.
BOLSA
O principal índice acionário do país operou próximo da estabilidade durante toda a manhã desta quinta-feira (14), influenciada pelo cenário externo e pela apreensão acerca dos preços do petróleo, que também atinge a Petrobras.
Às 12h07, o Ibovespa operava em baixa de 0,57%, aos 38.720 pontos.
Mesmo com a forte queda na quarta (13), os papéis da Petrobras voltavam a cair nesta quinta (14). Os papéis preferenciais, sem direito a voto e mais negociados, tinham queda de 1,89%, a R$ 5,17. Enquanto que as ações ordinárias, com direito a voto, caíam 2,05%, a R$ 6,66.
As ações da Vale, que também vêm sofrendo com a incerteza chinesa pela demanda de comodities, operam próximas a estabilidade, após dias seguidos de baixa.
As ações preferenciais, mais negociadas, têm queda de 0,28%, a R$ 7,02, enquanto que os papéis ordinários, com direito a voto, apresentam alta de 1,88%, a R$ 9,17.
PETRÓLEO
Mesmo após ser negociados abaixo dos US$ 30, primeira vez desde abril de 2004, o petróleo sobe nesta quinta (14), mas continua próximo a casa dos US$ 30.
O barril de petróleo Brent sobia 1,55%, a US$ 30,78, enquanto que o WTI tinha alta de 1,38%, para US$ 30,86.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60