Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Taxa média de juros do cheque especial e empréstimo pessoal caiu em janeiro

Loading...

ECONOMIA

Taxa média de juros do cheque especial e empréstimo pessoal caiu em janeiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo) identificou queda na taxa média de juros do cheque especial e do empréstimo pessoal em levantamento feito no dia 5 de janeiro. Nos sete bancos pesquisados, a taxa média para o cheque especial foi 12,52% ao mês (a.m.), 0,03 ponto percentual menor que no mês anterior, de 12,55% ao mês. As informações são da Agência Brasil.
Já no empréstimo pessoal, a taxa média de juros dos bancos pesquisados foi 6,37% a.m., inferior ao mês anterior, que foi 6,39% a.m., queda de 0,02 ponto percentual. A pesquisa inclui Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, HSBC, Itaú, Safra e Santander.
Apesar da queda no valor médio das taxas de juros, o Procon alerta que o consumidor deve ficar atento e evitar gastos por impulso. “Os empréstimos devem ser evitados, pois o cenário geral econômico prevê períodos de inflação e consequente queda do poder aquisitivo”, informou a entidade.
Caso o consumidor precise de crédito, o Procon aconselha a procurar as melhores taxas e negociar com a instituição financeira, especialmente quando for correntista do banco.
NÚMEROS
Das sete instituições financeiras que fazem parte da amostra, duas elevaram a taxa de juros do cheque especial e duas diminuíram. Em relação à taxa de empréstimo pessoal, uma elevou sua taxa e uma diminuiu. As demais taxas foram mantidas.
Nos juros do cheque especial, de acordo com a pesquisa, foram registradas altas no Bradesco, que alterou de 11,92% para 12,30% a.m.; e no Safra, que mudou de 10,40% para 11,40% a.m. Já as quedas foram identificadas no Banco do Brasil, que alterou a taxa de 11,99% para 11,80% a.m.; e no Itaú, que baixou de 11,93% para 10,56% a.m. Os demais bancos mantiveram suas taxas.
No empréstimo pessoal, o Procon identificou aumento na taxa de juros no Bradesco, que alterou o índice de 6,61% para 6,67% ao mês. O único banco que baixou essa taxa foi o Itaú, de 6,43% para 6,22% a.m. Os demais bancos mantiveram sua taxa de empréstimo pessoal.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 10/12

IZAURA FERREIRA DE ANDRADE, 70 ANOS

ARAPONGAS
CLÁUDIO SILVA, 88 ANOS

IVAIPORÃ
VALDETE CORDEIRO PEREIRA, recém-nascida
MIRIAM PEREIRA DE LIMA, 70 ANOS
CLÓVIS DE ALCÂNTARA BRASIL, 53 ANOS

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MEGA SENA

CONCURSO 1884 · 10/12/2016

01 04 23 32 38 59