Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pesquisadores estão usando vibradores em tartarugas para tentar salvá-las de extinção; entenda

Loading...

MUNDO ANIMAL

Pesquisadores estão usando vibradores em tartarugas para tentar salvá-las de extinção; entenda

As tartarugas que estão sendo usadas na pesquisa podem salvar toda sua espécie. (Foto: Donald McKnight)

A extinção de alguns animais é um fato quase que irreversível nos dias de hoje. Espécies estão sendo devastadas por pura maldade ou ganância do ser humano. Porém, há aqueles que se esperançam na busca de tentar salvar alguns desses animais que se encontram no limbo da extinção e simplesmente, não poupam nem esforços e nem ideias para tal. Esse é o caso de um grupo de pesquisadores e cientistas da James Cook University, na Austrália.

Os envolvidos estão em busca da salvação de uma espécie de tartaruga que corre o risco de ser extinta caso não haja a reprodução, mesmo que em cativeiro. O grande obstáculo encontrado pela equipe se dá quando ao tentarem fazer com que eles se reproduzam, não saberem diferenciar qual é o macho e qual é a fêmea. Para isso, eles estão usando um método nada usual, como por exemplo, vibradores.

De acordo com o divulgado pela universidade, os vibradores e outros brinquedos sexuais acabam por estimular a saída do possível pênis, fazendo assim com que o dilema de não saber o sexo do animal seja resolvido. Quem explica a teoria é um dos participantes do experimento Donald McKnight. "A ideia surgiu quando li um artigo sobre como as tartarugas chegavam a ejacular com estímulos de brinquedos c esses. Não estamos faznedo porque é divertido, isso é sério e pode salvar toda uma espécie.", explica ele ao Metro.

As tartarugas são estimuladas até o momento em que mostram sua genitália. (Foto: Donald McKnight)

Ainda segundo McKnight, esse método está sendo revolucionário, pois, antigamente o único jeito de se saber o sexo de uma tartaruga era com cirurgias extremamente invasivas. "Antigamente nós tínhamos de abrir a tartaruga para tentar descobrir qual era o seu sexo, o que acarretava em problemas muito maiores mais pra frente. Ela ou podia ficar com o membro fraco ou simplesmente não se recuperar dos ferimentos e morrer pouco tempo depois."

Para a equipe a solução foi a melhor dos últimos tempos e pode vir a revolucionar a procriação das tartarugas, dado ao fato de que os estímulos feitos primeiramente pelo casco em suas barrigas e até a cauda em suas zonas erógenas fazem com que o membro apareça em cerca de 4 segundos.

Algumas levam 4 segundos para mostrar seu membro. (Foto: Donald McKnight)

O artigo feito sobre os estudos foi publicado de forma online em inglês e está disponível para conhecimento do público em geral aqui. Abaixo há o vídeo, também em inglês de uma explicação mais detalhada sobre como está funcionando o projeto que pode vir a salvar a espécie do risco de extinção que elas correm no momento. O nome do projeto é sugestivo, pois, remete a 'boas vibrações'.

Veja o vídeo:

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias