Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tradicional colégio católico inova em festa julina ao promover casamentos gays; veja vídeo

Loading...

VIVA A DIVERSIDADE

Tradicional colégio católico inova em festa julina ao promover casamentos gays; veja vídeo

Os alunos dançaram e comemoraram os casamentos. (Foto: Divulgação Santo Inácio)

Todos os meses de junho e julho são marcados por grandes comemorações a Santo Antônio, São Pedro e São João, com festas em bares, quermesses, shoppings e em especial nas escolas, onde alunos se caracterizam com roupas da data e até encenam casamentos em alusão a Santo Antônio, o patrono dos matrimônios. Mas um colégio em especial chamou a atenção da internet no último final de semana.

A tradicional escola Santo Inácio no Rio de Janeiro, inovou na hora dos votos do casamento, quebrando os preceitos convencionais de casarem-se apenas noiva e noivo, esse ano houveram 3 trocas de alianças de mentirinha durante o evento: um menino e uma menina, duas meninas e dois rapazes. Os meninos que se 'casaram', interpretaram seus personagens com fortes sotaques: um sulista e outro, representativamente, seria do Nordeste. De acordo com o publicado pelo colunista Léo Dias o motivo de serem um de cada ponta do Brasil é a miscigenação, mostrando que deve haver harmonia entre os estados com a quebra de preconceitos e estereótipos.

O que mais surpreendeu nos ‘casamentos’ homoafetivos foi o fato de se tratar de um colégio coordenado por padres e religiosos com ligação direta a Roma. A tradição da instituição de ensino é dada por ser um externato com mais de 100 anos. O local pertence à ordem Jesuíta e é uma referência em todo o país de um ensino tradicionalista e de qualidade ao ponto de haver seleção para que se estude nele e a permanência não se dá apenas por notas, na escola católica os alunos são incentivados a manterem projetos sociais paralelos aos estudos.

A quadrilha é tradição. (Foto: Divulgação Santo Inácio

Os mais de 4 mil alunos participaram da cerimônia com suas respectivas famílias na quadra poliesportiva da instituição de ensino. Após a realização do matrimônio inusitado a comemoração foi como de praxe, mostrando que a inclusão social sem discriminação já é uma realidade para os jovens ‘inacianos’.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias