Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

US$ 4,5 milhões e 1,5 t de cocaína são apreendidos em operação contra traficante mais procurado há 30 anos

Loading...

EMBAIXADOR DO TRÁFICO

US$ 4,5 milhões e 1,5 t de cocaína são apreendidos em operação contra traficante mais procurado há 30 anos

Uma parte do dinheiro foi encontrado dentro de malas em residência em Osasco (SP) (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal (PF) apreendeu US$ 4,54 milhões e aproximadamente 1,5 tonelada de cocaína durante a Operação Spectrum, realizada no sábado (1º), com mandado judicial cumprido também em Londrina (norte do Paraná). Um balanço parcial da ação, coordenada pela superintendência da corporação no Paraná, foi divulgado nesta segunda-feira (3).

Na operação, agentes da PF prenderam o traficante mais procurado do país, Luiz Carlos da Rocha, chamado no mundo do crime de Cabeça Branca, e procurado há aproximadamente 30 anos. Segundo a PF, Rocha ganhou o apelido de 'embaixador do tráfico' porque tinha diplomacia para lidar com grandes facções criminosas nacionais e internacionais sem que precisasse usar a violência.

Segundo as investigações, o narcotraficante usava o Porto de Santos (SP) para exportar drogas para a Europa e os EUA e tinha mais influência que outros traficantes, como Fernandinho Beira-Mar e Juan Carlos Abadia. O 'embaixador" foi preso em Sorriso (MT) e transferido depois para Brasília (DF). 

Já na noite de domingo (2), ele foi levado para a Superintendência da PF em Curitiba, onde foi ouvido pelo delegado federal Elvis Secco, coordenador da operação. O conteúdo do depoimento está sob sigilo. Ainda nesta segunda, o traficante deve ser transferido para uma penitenciária federal.

De acordo com a PF, "embaixador do tráfico: fez plásticas e mudou de identidade - Foto: Divulgação/Polícia Federal

Dinheiro em malas
A PF detalhou US$ 3,4 milhões estavam dentro de malas em uma casa de alto padrão usada pelo traficante, que fica em um bairro nobre de Osasco (SP). Em um apartamento em São Paulo (SP), a polícia encontrou US$ 1,1 milhão.

Já a cocaína foi apreendida em três locais diferentes: em dois caminhões apreendidos no Mato Grosso, que carregavam 650 kg de cocaína cada um, aproximadamente; e em um depósito usado pela organização criminosa na cidade de Cotia (SP). Foram apreendidos ainda carros, relógios, documentos, computadores e joias.

Diligências prosseguem
A PF acrescenta as equipes continuam em diligências para apurar o patrimônio de Luiz Carlos da Rocha, por isso, trata-se de um balanço parcial. Os advogados de Luiz Carlos da Rocha ainda não se manifestaram sobre a prisão dele.

As informações e fotos são da Polícia Federal

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias