Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pai entra na justiça para que filho não tenha gênero sexual definido em certidão de nascimento 

Loading...

PRIMEIRO CASO DO MUNDO

Pai entra na justiça para que filho não tenha gênero sexual definido em certidão de nascimento 

Kori e seu filho. (Foto: Facebook Kori Doty)

Muitos pais se veem sempre na expectativa de saber o sexo de seus filhos ainda na barriga das mães. Muitos desejam meninos, outros meninas, sempre fazendo menção que ambos deverão ser criados de maneira diferentes em muitas casas do mundo. Porém, esse não é o caso de Kori Doty, um pai canadense que está lutando na justiça para que seu filho não tenha gênero.

O pequeno bebê chamado Searyl Atli nasceu menino, mas seu pai deseja que ele cresça sem qualquer noção de gênero, podendo escolher o que quer ser quando tiver idade o suficiente para isso. O exemplo que Kori segue é o seu próprio, pois, ele nasceu mulher, mas nunca se sentiu assim.

De acordo com o publicado no The Sun, o hoje homem, deseja que seu filho tenha uma vida completamente diferente da sua. “Eu cresci assim, sem me identificar com meu gênero e sofri com isso. Então eu quero que meu filho tenha o poder de escolha, para isso eu vou amá-lo e apoiar no que ele decidir. Sempre quero dar a ele o suporte que eu não tive.”.

O cartão de registro da criança não consta gênero. (Foto: Gender Free ID Coalition)

O caso que está correndo na justiça pode ser o primeiro do mundo com tais requisitos, dado ao fato de que ao menos para o momento do registro, o gênero sexual da criança precisa constar. Para ele, o pai tem o direito sobre a escolha do filho e não o estado. “Quero que ele seja o pioneiro para que outros nos vejam como exemplo de liberdade de escolhas.”, finaliza. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias