Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tá insatisfeito com o emprego? Essas profissões bizarras talvez façam você mudar de ideia

Loading...

QUE TAL VOCÊ SER UM RADAR?

Tá insatisfeito com o emprego? Essas profissões bizarras talvez façam você mudar de ideia

O mundo evolui e junto com ele a tecnologia e a visão da sociedade muda, as vezes pra melhor ou pior. Mas o que é certeza da humanidade, além da morte, é que profissões vem e vão. Por mais complicado que possa parecer seu emprego, as profissões da lista abaixo eram muito mais bizarras. Apesar de ser algo inacreditável para nós era algo relativamente comum, e necessário, na época. 

Dá uma olhada nessa lista e veja o quanto a sociedade muda com o passar dos anos.

Radar humano
Por mais louco que isso possa parecer essa profissão realmente existiu. E era usada pelas grandes potências, como os EUA. Nos primórdios da tecnologia as forças armadas de vários países usavam de meios diferenciados para detectar a presença de aeronaves inimigas. O radar humano detectava o som de motores de aviões de aproximando. Para auxiliar no seu trabalho, o profissional se utilizava de uma espécie de dispositivo de concentração de sons.

Cortadores de gelo
Ser rico há cem anos atrás permitia bancar bizarrices para se ter conforto. Uma delas era pagar para cortarem blocos de gelos, com o intuito de manter as bebidas geladas e conservar alguns equipamentos. Essa demanda ocasionou na criação da profissão de cortadores de gelo. Esses homens enfrentavam temperaturas extremas em lagos congelados para quebrar o gelo em blocos.

Despertador humano
Hoje em dia é algo tão banal programar seu celular para te acordar em determinado horário. Mas como era feito antes dos smartphones e até mesmo antes dos relógios despertadores? A solução foi contratar alguém para ser o despertador humano. Essas pessoas eram responsáveis por acordar seu clientes se utilizando de aparatos como pedras e varas para fazer o máximo de barulho possível.

Acendedor de luminárias
Em uma época que a eletricidade era algum inimaginável para a sociedade, soluções tinham que ser encontradas para manter iluminada as ruas das cidades. O acendedor de luminárias era algo comum e consistia em ir de lâmpada em lâmpada para acende-las. Pode parecer algo fácil, mas é importante lembrar que na época o querosene era um composto que permitia o funcionamento delas.

Ressuscitador
Como assim? Feitiçaria e magia eram uma profissão nos tempos antigos? Não é bem assim, esse trabalho não envolve nada de sobrenatural e sim de ilegal. Como as universidades necessitavam de corpos para estudo e era algo muito complicado de se conseguir pelas vias legais, pessoas se dispunham por uns bons trocados a roubar corpos de cemitérios para as instituições de ensinos. Algo bem bizarro, não?

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias