Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Resfriado, gripe ou incio de pneumonia? Aprenda a identificar os sintomas de cada um deles

Loading...

CUIDANDO DA SAÚDE

Resfriado, gripe ou incio de pneumonia? Aprenda a identificar os sintomas de cada um deles

Foto: Reprodução

Com a repentina chegada do frio mais intensamente e a proximidade do inverno, baixando as temperaturas de maneira brusca, a grande preocupação das pessoas é se manter saudável com tantas idas e vindas dos termômetros.

Nessa época do ano não é difícil que as típicas conversas de elevador ou de consultório sejam as propensões maiores para nos resfriarmos ou até mesmo pegarmos uma gripe, dado ao fato da alternância de temperaturas dos ambientes, ou os famosos choques térmicos que sofremos entrando e saindo de lugares fechados.

Mas você sabe a diferença entre gripe, resfriado ou até mesmo um princípio de pneumonia? Apesar de parecidos, cada um requer um tratamento especifico e diferenciado. Especialmente se o portador dos sintomas tiver mais de 60 anos.

A seguir destacamos as principais diferenças entre eles, começando pelo início dos sintomas:

Resfriado: No resfriado não há febre e quando ela surge, é baixa, não impossibilitando a pessoa de suas atividades no dia a dia, os espirros começam de maneira constante e a obstrução do nariz, com variáveis dores na cabeça e uma leve dor muscular.

Foto: Reprodução

Gripe: Quando há a manifestação do vírus da gripe, o corpo dá os primeiros sinais de fraqueza e febre. Geralmente logo no primeiro dia, a pessoa dificilmente consegue se movimentar, dada a fraqueza ocasionada pelo estado febril.

Inicio de pneumonia: Nessa fase, o que poderia ser apenas uma gripe o leva ao hospital com febre altas, acima de 38°. Normalmente a pessoa apresenta tosse com catarro intenso que pode ser claro ou até mesmo com coloração esverdeada.

AS PRINCIPAIS REAÇÕES NO CORPO

Resfriado: Como o resfriado atinge as vias aéreas superiores, sendo o nariz, a laringe e a faringe, quando o rinovírus transmissor está em seu ápice, muitas vezes a pessoa fica com o nariz congestionado, espirrando e leves dores na garganta. As dores musculares são menos intensas e as de cabeça alternam em vai e vem ao menos em 3 dias.

Gripe: Na gripe, o corpo fica com estado febril por ao menos 3 dias. Nesse meio tempo os anticorpos responsáveis pela proteção do sistema imunológico do corpo já começam a se manifestar e as sensações de cansaço, dores de cabeça e até mesmo tosse (o vírus tende a atacar as vias aéreas inferiores traqueia e pulmões) e também alguma perda de apetite (pois se fica sem o olfato e o paladar), que já estão intensos, tendem a diminuir gradativamente em seu 4º ou 5º dia. Pode haver ardência nos olhos, bem como diarreia e vômitos.

Inicio de pneumonia: Quando há a o começo da pneumonia, os sintomas se confundem com o de uma gripe que se intensifica em pouco tempo, como nariz entupido, tosse e dores na garganta. O principal sintoma da constatação da pneumonia são as dores nas costas. É necessária a internação caso haja febre constante, suor com a pele fria, falta de ar, aceleração cardíaca, perda de apetite itensificada e cansaço excessivo. A essa altura a pessoa já deverá ter passado por exames complementares, como o raio x do tórax.

Foto: Reprodução


QUANDO HÁ A MELHORA NOS SINTOMAS

Resfriado: Por ser uma doença um tanto quanto mais leve, o resfriado tem duração é menor que a de uma gripe, podendo durar de 3 a 5 dias. Seus sintomas não evoluem, a menos que a pessoa seja portadora de sinusite, o que caracteriza uma piora nas vias aéreas superioras em decorrência de um resfriado não curado.

Gripe: Os sintomas da gripe podem começar a passar em seu 5º dia. As dores musculares já não estão mais fortes como há dois dias atrás, já existe a melhora para as atividades diárias, bem como as dores de cabeça e também da febre, que não deve mais existir a partir de seu 3º ou 4º dia de encubação, também há a desobstrução das vias aeres, o nariz apresenta menos congestionamento, assim como a tosse que cessa totalmente após 7 dias.

Inicio de pneumonia: O tratamento da pneumonia é feito com antibióticos e ingestão de líquidos constantes para o fortalecimento do sistema imunológico atacado pela bactéria. Nos casos de internamento, o período de incubação em hospital não dura mais que 7 dias em condições normais. Mas em geral não existe um período de duração especifica para a doença, dado ao fato que cada corpo responde à sua maneira ao tratamento. Porém se não tratada, a doença pode levar a morte. Os cuidados especiais são para crianças com menos de 1 anos e idosos acima de 70 anos de idade.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias