Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brinquedo que promete controlar estresse é nova 'febre' nas escolas

Loading...

SPINNERS

Brinquedo que promete controlar estresse é nova 'febre' nas escolas

Brinquedo promete controlar o estresse. Foto Delair Garcia

A mais nova ‘febre’ nas escolas de todo o Brasil são os ‘spinners’. Os brinquedos, feitos de diversos materiais como plástico e metal, possuem uma parte central feita por um rolamento e três extremidades que giram em torno do centro. Em Apucarana (norte do Paraná), a mania já toma conta das escolas e as lojas que vendem o produto frequentemente ficam sem estoque.

O spinner (‘girador’, em tradução livre) foi criado nos Estados Unidos como uma ferramenta para liberar a energia e ajudar a controlar o estresse. No entanto, o objeto foi adotado pelas crianças, que competem para ver qual deles gira por mais tempo, além de equilibrar o brinquedo em locais inusitados como a testa e o nariz.Nas lojas de presentes de Apucarana, o spinner pode ser encontrado custando entre R$ 20 e R$ 70. Isso quando ele é encontrado. Nas lojas que a reportagem ligou, nenhuma possuía o brinquedo em estoque. 

“Vendemos cerca de 300 spinners em apenas oito dias. Devemos receber um novo carregamento amanhã [hoje], de 50 unidades. Acredito que até sábado todos já serão vendidos”, afirma Edicléia Jordão, proprietária de uma loja de presentes.Os mais baratos são feitos de plástico e com cor única. Já os mais caros trazem consigo itens mais tecnológicos, como luzes de LED e ‘bluetooth’. “Através do bluetooth, é possível conectar o brinquedo ao celular e, com o auxílio de um aplicativo, mudar as cores e a maneira com que os LEDs brilham. A criançada adora. O movimento aumentou muito por causa do brinquedo”, diz Edicléia.

Já na loja em que Tainá de Souza trabalha, foram comercializados mais de 200 spinners em apenas uma semana. “É uma verdadeira ‘febre’. As mães vêm aqui meio sem saber exatamente o que é o spinner, algumas até um pouco desconfiadas. Mas é um brinquedo bastante tranquilo, praticamente inofensivo. Muitos dizem até que eles são bons para ajudar crianças com ansiedade e hiperativas”, conta.Os benefícios psicológicos e comportamentais do brinquedo não são totalmente conhecidos ou comprovados. 

No entanto, educadores relatam mudanças no comportamento das crianças após o aumento da popularidade do brinquedo, como relata Edna Mansano, diretora de uma escola da rede pública de ensino de Apucarana.

“É algo muito novo ainda, teve início há cerca de 15 dias. Antes, o recreio era uma correria. Agora, as crianças têm estado mais calmas, tranquilas. Pelo que pudemos observar, o brinquedo ajuda a desenvolver a concentração, a competição sadia e até a socialização. Crianças que não interagiam muito bem passaram a ter mais contato com os coleguinhas. Mesmo os que não têm o brinquedo pegam emprestado. Tem sido bem interessante observar esses comportamentos”, diz.

Mas, segundo ela, é preciso delimitar horários. “Fizemos um acordo com os alunos, permitindo que os spinners fossem usados apenas nos intervalos, nunca em sala de aula. Até agora, não tivemos problemas”, explica.

Crianças se divertem com o brinquedo. Foto: Delair Garcia

Foto: Delair Garcia

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias