Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Histórias de fantasmas e abrigo para nazistas: lendas sobre o Castelo Eldorado ainda se mantém vivas no imaginário popular

Loading...

FAMA DE MAL ASSOMBRADO

Histórias de fantasmas e abrigo para nazistas: lendas sobre o Castelo Eldorado ainda se mantém vivas no imaginário popular

Castelo Eldorado: local com requinte de luxo tem fama de mal assombrado - Foto: Tribuna do Norte

Edificado durante a Segunda Guerra Mundial, ocorrida entre 1942 e 1947, o lendário Castelo Eldorado, de Marilândia do Sul (norte do Paraná), permanece sendo um misterioso complexo fincado na zona rural do município. Da mesma forma, ainda é alvo de indagações sobre supostas assombrações ou fantasmas que fazem de seu interior um acervo cultural que resgata a história da migração alemã para o Brasil na década de 40.

Em 2007, um grupo de atores da cidade, sob coordenação do produtor amador de teatro, Juliano Delecrod, produziu o filme intitulado “A Lenda do Castelo Eldorado”, que traz supostas aparições de fantasmas no prédio. A cena mostra um grupo de estudantes que decide acampar no castelo e é recebido por um mordomo, que seria o próprio fantasma que mora no castelo. A partir daí, acontece uma sequência de fatos que deixa os hóspedes com muito medo e desesperados.

Em 2007, um grupo de atores da cidade produziu o filme intitulado
“A Lenda do Castelo Eldorado” - Imagem: Tribuna do Norte

Com base neste filme, uma equipe do programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, tendo à frente o apresentador Tadeu Schmidt, esteve em Marilândia do Sul e visitou o Castelo Eldorado. O grupo produziu uma reportagem em quatro séries sobre fantasmas

Em filme, mordomo seria o próprio fantasma que mora no castelo
Foto: Tribuna do Norte

Livro
O poeta e escritor Thiago Zardo, que é de Marilândia do Sul, lançou o livro “A República do Castelo Eldorado”, através do qual relata a história desta antiga e misteriosa casa e como era o sistema de vida social e econômica de seus moradores na época.

Abrigo para nazistas?
Envolto em lendas por ter supostamente servido como abrigo para nazistas e até de abrigar um mordomo fantasma, o Castelo Eldorado é uma paisagem europeia no norte do Paraná. O prédio foi construído na década de 1940, em Marilândia do Sul, e hoje atrai visitantes, curiosos pela beleza e também pelo suspense. Até Joseph Menguelle teria se hospedado lá. Há quem diga que os quartos são mal-assombrados, pois à noite ouvem-se portas e janelas baterem sozinhas.

O Castelo Eldorado foi construído com tudo de mais luxuoso
Foto: Tribuna do Norte

Uma família alemã foi a responsável pela fundação do castelo, no período da Segunda Guerra Mundial. Com o racionamento de combustível, os materiais eram trazidos em carros de bois.  Por conta dosa proprietários alemães, surgiram os boatos que o castelo teria escondido nazistas. Outras lendas, estas sobrenaturais, causam medo aos visitantes, como vultos e barulhos sem explicação.

O agricultor José Carrito, que reside há mais de 40 anos na região, no entanto acha as lendas engraçadas. “Nunca vi nada disso, nenhum fantasmano Castelo Eldorado;. Aqui é um lugar de muita tranquilidade e paz e esse negócio de assombração é mais coisa do folclore popular”, disse. 

Luxo e escadas de mármore italiano
O Castelo Eldorado foi construído com tudo de mais luxuoso à época, como as escadas de mármore italiano. Uma das suítes tem 150 m², cortinas vindas da França e decoração de um artista espanhol.

O mármore de Carrara, usado na escadaria do Castelo Eldorado,
é famoso desde a Roma Antiga, quando foi utilizado para construir o Panteão - Foto: Divulgação

Corredores Castelo: supostos eventos sobrenaturais causam medo aos visitantes, como vultos e barulhos sem explicação 
Foto: Divulgação


República Eldorado, com 5 mil habitantes e moeda própria
Toda a riqueza gerou até a república Eldorado, com cerca de 5 mil pessoas vivendo nas proximidades, com direito à moeda própria – o boró. Porém, com o fim do ciclo da madeira, a república se desmanchou. Hoje, o castelo é aberto para visitação, com taxa acessível de ingressos, e alugado para fotos e festas, além de eventos musicais. Quanto aos fantasmas, a conclusão fica por conta de cada um.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias