Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

2019: O prazo final do planeta Terra, segundo Chico Xavier 

Loading...

DATA LIMITE

2019: O prazo final do planeta Terra, segundo Chico Xavier 

Psicografias de Chico Xavier são mundialmente conhecidas. (Foto: Reprodução)

O médium Chico Xavier, ficou mundialmente conhecido por seu trabalho na divulgação da Doutrina Espírita. Ele psicografava cartas de filhos já falecidos às mães, de famílias a outras, assim como psicografou mais de 450 livros, cedendo os direitos autorais para instituições de caridades.

Sempre transmitindo mensagens consoladoras, Chico deixou um legado imensurável de suas obras e ajuda ao próximo. Mas não podemos dizer o mesmo de sua revelação quanto ao ano de 2019. Segundo quem o conhecia, o médium tinha a sensibilidade da captação de mensagens advindas de outros mundos, além do além túmulo, bem como o conhecimento do futuro.

AS PREVISÕES CIENTIFICAS DE CHICO

Em uma de suas obras Chico descreve fatos que acabaram por ocorrer após sua morte, como a descoberta de petróleo no fundo dos mares brasileiros, bem como a substituição de órgãos que sofrem rejeição ao serem transplantados, por órgãos de outros materiais, como acontecera na França em 2011 ao implantarem um coração de plástico em um paciente e obter sucesso no procedimento.

Foto: Reprodução

Chico também defendia a exploração inter espacial. Para ele, investir no conhecimento da galáxia era algo que seria muito útil para o mundo todo. Inclusive ele prevê nos anos 70, que ainda haverá cidades na Lua, ao se obter água e oxigênio no satélite natural da Terra, como fora encontrado pela NASA e divulgado em comunicado pela mesma.

O ANO DE 2019

O que fora dito pelo próprio Chico Xavier, foi que seu mentor espiritual Emmanuel, lhe transmitiu em 1937, que ao fim do século XX, as grandes potências celestes do Universo se reuniram verificar o caminhar da sociedade terrena. A reunião aconteceu em 20 julho de 1969, data do primeiro pouso do homem na Lua.

Em 20 de julho de 1969 o homem pisa na Lua. (Foto: Reprodução)


Segundo seu mentor a crise na Terra era tamanha, por haver grandes países altamente armados a espera de uma 3ª Guerra Mundial, que durante a reunião ficaria decidido pelo fim da existência terrena, mas após um longo debate, disse Chico, que até o próprio Cristo advogou em favor dos seres humanos para haver um prazo de regeneração.

O prazo dado a Terra fora de 50 anos, segundo Chico Xavier, em entrevista concedida ao programa Pinga-Fogo, em 28 de julho de 1971. “Se não entrarmos numa guerra de extermínio nos próximos 50 anos, podemos esperar realizações extraordinárias do ser humano.”, afirmou Chico.

Chico Xavier em entrevista ao programa Pinga-Fogo. (Foto: Reprodução)


A regeneração no qual Chico se refere, é uma evolução para que os humanos convivessem em paz, sem provocar uma 3ª Guerra Mundial. O prazo foi chamado de “A Última Hora”, com dois caminhos a serem seguidos: o do respeito entre as nações, se resguardando de uma guerra nuclear, imperando uma era de paz com grandes feitos em todos os âmbitos.

Mas caso seja escolhido um outro caminho, haverá uma guerra nuclear com proporções catastrofísticas, provocando assim o próprio planeta, que responderia com terremotos e tsunamis, onde deixaria em especial o hemisférios norte, devastado e inabitável.

Foto: Reprodução


Hoje o mundo conta com 9 países que possuem ogivas nucleares declaradamente, capazes de causar a famigerada guerra. Dentre elas estão as duas potências mais perigosas e rivais da atualidade: EUA e Coreia do Norte.

Ainda não se pode afirmar se realmente teremos uma 3ª Guerra Mundial, mas é certo de que estamos a cada dia mais próximos da chamada “A Última Hora”, como conta o produtor e pesquisador Juliano Pozati, que se aprofundou no assunto trazendo a internet o documentário Data Limite, onde há toda uma explicação mais detalhada para os possíveis acontecimentos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias