Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mergulhador fica perigosamente perto de tubarão branco; veja vídeo

Loading...

NEM SENTIU MEDO...

Mergulhador fica perigosamente perto de tubarão branco; veja vídeo

Lado a lado do maior predador dos mares. (Foto: Caters News Agency)

Um mergulhador teve uma surpresa não muito agradável no mar de Cortez, México. O instrutor Dale Pearson e seu amigo Erick Mack estavam se preparando para entrar no mar quando avistaram há poucos metros da areia um tubarão branco.

Ao se aproximarem, os dois que pensavam se tratar de um tubarão-martelo inofensivo, mal podiam notar que se tratava de um enorme predador. Com quase 5 metros de comprimento, o tubarão parecia ter encalhado na costa.

O tubarão tinha quase 5 metros. (Foto: Caters News Agency)


No vídeo é possível até deduzir que o tubarão estivesse mesmo encalhado, até pelo fato do animal ter duas feridas nas costas feitas provavelmente por algum motor de barco. Porém Dale revelou a publicação do Mirro, que sabia que o tubarão estava ali apenas caçando.

De acordo com o mergulhador, o tubarão estava se alimentando de arraias que ficam na altura da costa. Dale não se intimidou com o tamanho do bicho – ou não percebeu o perigo que corria. Ele ficou a poucos metros do animal, desacreditado do que via.

Quando o animal ergueu a cabeça, eles tiveram a certeza de se tratar de um tubarão branco. (Foto: Caters News Agency)


O mergulhador disse já ter tido contato com outros tubarões brancos, mas nunca daquela forma. “Eu me aproximei com respeito, não estava preocupado em ser atacado.”, complementa Dale.

Ele e seu amigo só deixaram o tubarão quando foram feridos pelo “lanche” do tubarão. Ambos foram atingidos por arraias. "Nós tínhamos certeza de que ele estava ali para caçar e não encalhado, mas ao ser atacado pelas arraias, podemos confirmar isso na pele.", divertiu-se Dale. 

Ferimento de arraia. (Foto: Caters News Agency)


Dale disse que não se deu conta do que estava acontecendo. “Eu não acreditei que um bicho daquele tamanho estava aqui, no meu quintal. Eu sabia que ele não estava preso, que poderia voltar ao mar a qualquer momento pelo jeito que se movia. Mas não me contive. Fiquei emocionado.”, finaliza Dale. 

Veja o vídeo:

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias