Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Gaeco cumpre 27 mandados e mira funcionários da Secretaria de Urbanismo em Curitiba

Loading...

Gaeco cumpre 27 mandados e mira funcionários da Secretaria de Urbanismo em Curitiba

Mandados judiciais foram cumpridos em Curitiba e em Colombo - Foto: João Salgado/RPC

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, deflagrou na manhã desta quinta-feira (1º) a a operação denominada de "Al Barã",  contra irregularidades na concessão de alvarás na Secretaria de Urbanismo de Curitiba. Os mandados judiciais foram cumpridas na Capital do Paraná e em Colombo, na região metropolitana.

Conforme as investigações do Gaeco, um grupo de pessoas ligadas a funcionários já demitidos da secretaria teria recebido vantagens indevidas para facilitar trâmites burocráticos para liberação de alvarás e licenciamentos e transferência de imóveis.

A operação investiga se essas pessoas interferiam nas autorizações ou se apenas solicitavam e recebiam dinheiro para auxiliarem nas liberações. De acordo com o Gaeco, as irregularidades ocorreram no segundo semestre de 2016.

27 mandados judiciais
No total, foram expedidos oito mandados de prisão temporária, sete de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento, e 12 de busca e apreensão. Entre os alvos estão ex-funcionários, funcionários, intermediários e particulares. Um dos mandados de condução é contra o ex-secretário municipal da Copa do Mundo de 2014 Reginaldo Cordeiro.

Os investigados são acusados pelo Ministério Público (MP) dos crimes de associação criminosa, concussão, corrupção ativa, corrupção passiva e tráfico de influência.

Com informações da RPC

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias