Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Consumidor é agredido por soco de vendedor em concessionária; veja vídeo

Loading...

CONFUSÃO

Consumidor é agredido por soco de vendedor em concessionária; veja vídeo

Foto: Reprodução/Facebook

Um cliente foi agredido enquanto filmava uma tentativa de resolver o problema de seu carro, um Fiat Toro. Pablo Ferrari, de 36 anos, foi até a concessionário Fiat Tecar, em Brasília, na manhã de sexta-feira (5/5) para pedir esclarecimento quanto ao conserto de um veiculo comprado na loja.

De acordo com Pablo, o ocorrido se deu porque a empresou se negou a prestar esclarecimento referentes ao conserto do veículo, que mesmo sendo 0 km apresentou problemas mecânicos. O cliente publicou o vídeo em sua página do Facebook, que já conta com mais de 4,5 milhões de visualizações.

No vídeo, o consumidor relata o descaso no atendimento referente ao seu problema. Um dos vendedores da concessionaria ao notar a gravação parte para cima de Pablo desferindo socos e empurrões. O dono do carro se esquiva das agressões e corre em direção a saída da loja.

Pablo relata que o carro, comprado pelo valor de R$ 108 mil em dezembro do ano passado, apresentou problemas durante uma viagem em março deste ano ao Espírito Santo, onde teria atolado na areia e apresentado um problema na embreagem. O cliente foi até uma concessionaria da Fiat e foi informado que a avaliação seria demorada e que as passagens de volta dele e de sua família para Brasília seriam arcadas pela empresa.

Após mais de dois meses de espera sem uma resolução, a negativa em emprestar um carro para uso do cliente e até o envolvimento do Procon, Pablo resolveu ir até a concessionaria na última sexta-feita para tentar esclarecimentos.

Em nota divulgada em sua página no Facebook, a Tecar Fiat Brasília lamentou o ocorrido. Confira o esclarecimento na íntegra:

Sobre o vídeo que circula nas redes sociais em que um de nossos colaboradores aparece em abordagem ao cliente, Sr. Pablo Ferrari, temos a dizer:

Lamentamos o fato ocorrido e o excesso de um de nossos colaboradores na lida da situação que se apresentou. Reforçamos que não admitimos comportamento de enfretamento sob quaisquer circunstâncias e não acreditamos nessa forma como solução de controvérsias;
Advertimos e afastamos temporariamente o colaborador que se apresentou no vídeo para, no decorrer da semana, apurarmos com minúcias todos os fatos ligados e esse episódio;

Alertamos aqui que a cena gravada reflete parcialmente a verdade dos fatos, uma vez que as agressões verbais sofridas pelos colaboradores da empresa e, principalmente a intimidação feita pelo cliente a nossa gerente de vendas não vieram a público e foram esses fatos, que não nos exime de falta ou culpa, que explicam o popular conhecimento que violência gera mais violência, e isso foi o que se deu na ocasião; Chamamos atenção para a informação de que não estamos e nem nunca estivemos de posse desse veículo para quaisquer averiguações técnicas. 

Reforçamos a informação que o veículo se encontra danificado em Vila Velha/ ES após ter sido guinchado e retirado de um banco de areia, ao contrário da aparência dada nas postagens. Estamos propondo a montadora e buscando a autorização para remoção do veículo até nossas dependências para termos a oportunidade de nos pronunciarmos formalmente acerca do defeito relatado pelo cliente;

Em razão das agressões verbais e ameaças aos funcionários, foi registrada pela empresa a Ocorrência de nº 6790/2017-0, para que a Autoridade Policial faça a rigorosa apuração dos fatos e adote as providências exemplares que o caso requer;
Prestados os esclarecimentos, a Tecar pede desculpas ao Sr. Pablo Ferrari, aos demais clientes da empresa e todos que tenham sentido desrespeitados ao ver as imagens do vídeo.

Este momento é de reflexão e autocrítica para a direção da empresa e seus colaboradores, de forma a subtrair as lições necessárias para que fatos como esse não mais ocorram, o que frisamos, não fazem parte dos valores do grupo Tecar.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias