Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mulher viaja quase 5.000 km para o destino errado

Loading...

EUA

Mulher viaja quase 5.000 km para o destino errado

Foto: pixabay

Ao estranhar ter alguém sentando em seu assento marcado na passagem, a francesa Lucie Bahetoukilae, acabou indo parar bem longe de seu destino final. O erro ocorreu quando Lucie comprou sua passagem para Paris, mas foi enviada para São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos.

A United Airlines, empresa da qual Lucie comprou sua passagem, não checou os dados de embarque da francesa, fazendo com que ela embarcasse do aeroporto de Newark, em Nova Jersey para um destino completamente diferente do que ela deveria ir.

Ao invés de checar o porque de haver uma pessoa sentada no assento de Lucie, os comissários de bordo simplesmente a colocaram em outro assento vago. "Quando ela foi sentar, alguém já estava sentado lá", disse Diane Miantsoko, sobrinha de Lucie, a ABC.

A francesa, que não fala uma palavra em inglês, não entendeu nada quando seu voo, que deveria ter sido de 7 horas, durou aproximadamente 28h. O erro ocorreu pelo fato do portão de Lucie ter mudado de número, porém a United Airlines não a notificou, fazendo com que Lucie embarcasse no mesmo portão de seu bilhete, Lucie então viajou quase 5 mil kms na direção errada.

Chegando em São Francisco, ela ainda teve de esperar por mais 11 horas até que fosse feita uma escala para Paris. A companhia aérea ainda tentou remediar a situação pagando pela hospedagem de Lucie enquanto sua escala não chegava, além de um voucher para uma outra viagem e um reembolso.

Porém Lucie acionou a justiça, fazendo com que a empresa lhe indenizasse pelo engano. O processo ocorreu em sigilo judicial.

Por sua vez, a American Airlines disse a rede ABC, que sentia muito pelo engano ocorrido com Lucie. Na semana passada a companhia já havia dito que mudaria mais de dez políticas internas, depois que David Dao, passageiro em um voo para Chicago, foi arrastado para fora do avião pelos funcionários da companhia aérea, em abril.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias