Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cientistas encontram crânio humano de 400 mil anos em Portugal

Loading...

EVOLUÇÃO EM FOCO

Cientistas encontram crânio humano de 400 mil anos em Portugal

Descoberta de crânios de 400 mil anos vai ajudar a compreender a evolução humana na Europa - Foto: Xavier Trueba/Daily Mail

fóssil de um crânio humano com mais de 400 mil anos foi aqchado em Portugal. Considerado o mais antigo fóssil já encontrado em Portugal, o achado é alvo de estudo realizado por um grupo internacional de pesquisadores. O crânio é o primeiro dessa idade encontrado em Aroeira, cerca de 25 quilômetros ao sul de Lisboa, onde há já haviam sido localizadas grandes quantidades de ferramentas de pedra.

Conforme a pesquisa, coordenada pelo arqueólogo João Zilhão, da Universidade de Bristol (Reino Unido) e publicada na revista científica PNAS, a descoberta ajudará a compreender a evolução humana na Europa no período Pleistoceno e a desvendar a origem do Homem de Neanderthal.

"Tenho estudado esse sítio nos últimos 30 anos e nós conseguimos dados arqueológicos muito importantes, mas a descoberta de um crânio humano dessa idade e dessa importância é sempre um momento muito especial", frisou Zilhão.

Até agora, nenhum fóssil da metade do Pleistoceno havia sido encontrado em uma área tão ocidental da Europa, segundo um dos autores do estudo, o antropólogo Rolf Quam, da Universidade Binghamton, em Nova York (Estados Unidos). O crânio também é um dos mais antigos da Europa associado à fabricação de ferramentas de pedra.

Crucial
"A descoberta desse novo fóssil da Península Ibérica é interessante, porque se trata de uma região crucial para a compreensão da origem e evolução do homem de Neanderthal. Ele é também o mais antigo do continente associado à fabricação de ferramentas de pedra", disse Quam. 

Com informações do Daily Mail

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias