Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sete pessoas são presas no PR sob suspeita de vender placas para veículos adulterados

Loading...

ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA

Sete pessoas são presas no PR sob suspeita de vender placas para veículos adulterados

Detidos forneciam aos receptadores placas veiculares de carros que não possuíam alerta de furto ou roubo, diz o delegado Wagner Holtz - Foto: Divulgação/Sesp

A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Curitiba confirmou nesta sexta-feira (10) que sete pessoas foram presas por agentes da especializada durante uma operação policial para investigar uma associação criminosa envolvida na comercialização placas para veículos adulterados. A ação aconteceu nos bairros, Cristo Rei, Alto da XV e Cajuru. Na ação, 28 placas adulteradas foram apreendidas e um veículo roubado foi recuperado.

Após dois meses de investigações, a equipe policial da especializada constatou que três funcionários de uma empresa de produção de placas veiculares, situada no bairro Cristo Rei, estavam desviando placas da empresa para receptadores de veículos.

“Esses funcionários forneciam aos receptadores placas veiculares de carros que não possuíam alerta de furto ou roubo. As placas correspondiam a mesma cor e modelo do veículo”, detalha o delegado-titular da DFRV, Wagner Holtz.

Os três funcionários foram identificados e presos. No estabelecimento, com eles a polícia apreendeu dentro de suas mochilas, 28 placas destinadas a veículos adulterados, prontos para ser comercializados. O trio foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado consumado.

Na sequência das investigações, a Polícia Civil localizou outros dois homens suspeitos de receptar as placas. Um deles foi flagrado em um posto de gasolina no momento em que adquiria as placas adulteradas. Conforme o delegado, os dois suspeitos adquiriam as placas de um dos funcionários da loja. Ambos responderão pelo crime de tentativa de receptação.

A equipe da DFRV prosseguiu as diligências seguindo até o bairro Cajuru, onde prenderam em flagrante um casal de namorados. Os dois estavam indo buscar as placas adulteradas com um Ford/Fiesta preto roubado. “Nós temos a informação de que a namorada adquiria as placas de outro funcionário”, relata o delegado Wagner Holtz. Ela responderá por tentativa de receptação, o namorado pelo crime de roubo. Todos foram encaminhados para a DFRV e encontram-se presos, à disposição do Poder Judiciário.

Outra ação
Em outra ação distinta realizada na quinta-feira (9), policiais civis da especializada cumpriram dois mandados de prisão contra um homem de 39 anos, pelo crime de roubo e por fugir do Sistema Penitenciário em 2013. Os mandados expedidos pela Justiça indicam que o homem é suspeito de envolvimento com assaltos a bancos e joalherias no estado.

O suspeito foi preso no bairro Sítio Cercado, no momento que os policiais da DFRV estavam realizando diligências em outra situação. Ao ser abordado, o homem disse ser outra pessoa, apresentando uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. 

Documento falso
Verificando o sistema policial, foi constatado que o documento era falso.O homem foi autuado em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso. Ele aguarda preso à disposição da Justiça.


As informações são do portal da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (SESP)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias