Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

PRF registra redução no número de mortes nas rodovias em 2016 

Loading...

BALANÇO

PRF registra redução no número de mortes nas rodovias em 2016 

PRF realiza operações e campanhas de conscientização no trânsito para reduzir acidentes. Foto: Tribuna do Norte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou balanço de 2016 com redução nos índices que medem a violência no trânsito em rodovias federais. Em comparação a 2015, o Órgão registrou uma redução de 6,8% no número de óbitos e de 3,9% no número de acidentes graves em rodovias federais. São classificados como acidentes graves aqueles em que se registra pelo menos um ferido grave ou um óbito.

O resultado é reflexo da estratégia operacional da PRF, que realiza campanhas de conscientização, operações pontuais em épocas de intensificação de deslocamentos, tal como férias e festas de final de ano, e reforços de policiamento em pontos críticos nas rodovias de todo o país. No ano passado, a PRF também contabilizou mais de cinco milhões de autos de infração emitidos durante fiscalizações nas estradas que cortam o país.

Em 2016, ocorreram 20.994 acidentes graves em rodovias federais contra 21.854 ocorrências em 2015. A PRF contribuiu com a redução por meio de trabalho constante de fiscalização e de conscientização do motorista. Esta ocorre por meio de operações voltadas para a educação para o trânsito. Desde dezembro de 2016, por exemplo, a PRF executa a Operação RodoVida. Em sua sexta edição, a RodoVida é esforço interministerial para redução da violência no trânsito e conta com reforço no efetivo da PRF em todo o Brasil. Neste ano, a operação vai até o início de março, após o carnaval.

Ao todo foram 21.439 feridos graves e 6.405 mortos em decorrência desses acidentes. Em comparação a 2015, houve uma redução de 4,8% no número de feridos graves – em 2015 foram 22.517. Os óbitos nas rodovias também caíram: em 2015 foram 6.871 – redução de 6,8%.

Redução de acidentes
O número geral de acidentes - com ilesos, feridos leves ou graves - foi o que sofreu maior queda: em 2016 a PRF registrou um número 21% menor do que o número de acidentes em 2015. Enquanto em 2015 foram registrados 122.090 acidentes nos 70 mil quilômetros de rodovias federais brasileiras sob os cuidados da instituição, em 2016 este número caiu para 96.296 acidentes registrados e atendidos pela PRF.

Desde 2015 a Polícia Rodoviária Federal disponibiliza aos usuários de rodovias o sistema e-DAT, Declaração Eletrônica de Acidentes de Trânsito, que é um instrumento oficial para registro pela internet de ocorrências de acidentes em rodovia federal.

Podem ser registrados via e-Dat acidentes de natureza simples (aqueles com pequenos danos nos veículos, como, por exemplo, leves avarias nas partes externas que, em geral, estão relacionadas a acidentes de pequena monta); acidentes sem vítimas, que não tenham provocado dano ao meio ambiente ou ao patrimônio público; sem envolvimento de veículos oficiais, sem correlação com crime de trânsito (alcoolemia, por exemplo); que não tenham provocado interrupções de pista, entre outros requisitos. Para saber mais, clique aqui. 

Balanço
Acidentes - 122.090 (2015) / 96.296 (2016) - redução de 21,1%

Acidentes graves - 21.854 (2015) / 20.994 (2016) - redução de 3,9%

Feridos graves - 22.517 (2015) / 21.439 (2016) - redução de 4,8%

Óbitos - 6.871 (2015) / 6.405 (2016) - redução de 6,8%

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias