Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Morre a jornalista mais idosa do mundo, aos 105 anos

Loading...

LUTO NA IMPRENSA

Morre a jornalista mais idosa do mundo, aos 105 anos

​Manuela de Azevedo, conhecida como a jornalista mais idosa do mundo, faleceu nesta sexta-feira (10), aos 105 anos - Foto: roinesxxi

Manuela de Azevedo, conhecida como a jornalista mais idosa do mundo, faleceu nesta sexta-feira (10), aos 105 anos, na cidade de Lisboa, conforme divulgou o Museu Nacional da Imprensa de Portugal.

"Depois da morte de Clare Hollingworth, no dia 10 de janeiro deste ano, em Hong Kong, Manuela de Azevedo era a repórter mais antiga do mundo. Deixa uma obra vasta que honra o jornalismo e o mundo das letras, já que foi romancista, ensaísta, poeta e contista, tendo escrito também peças de teatro, uma delas censurada pelo regime de Salazar", relata o comunicado publicado pelo museu.  Por razões não esclarecidas, Manuela de Azevedo estava internada desde a última terça-feira no Hospital de S. José, na capital portuguesa. 

Destaque
Nascida em Lisboa, em 31 de agosto de 1911, a primeira jornalista mulher a ter carteira profissional se destacou escrevendo para o jornal República, a revista Vida Mundial, o Diário de Lisboa e o Diário de Notícias, entre outros trabalhos. Graças às suas contribuições, foi agraciada, em Portugal, com a Ordem do Mérito e a Ordem da Liberdade, em 1995 e 2015, respectivamente.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias