Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chinês vende filho da amante para pagar conta da mulher legítima

Loading...

SITUAÇÃO INCOMUM

Chinês vende filho da amante para pagar conta da mulher legítima

A criança foi trazida de volta pela polícia e entregue para a mãe - Foto: Sina

Um chinês de sobrenome Chen, de 34 anos, vendeu seu próprio filho que teve com a amante para pagar as dívidas da sua mulher legítima, conforme publicação do portal chinês Sina. O homem teve um primeiro filho com sua mulher em 2012 e mantinha um negócio bem-sucedido. Pouco depois, ele começou uma relação extra-conjugal com outra mulher, que deu à luz um segundo filho, em 2014.

Mais tarde, o negócio de Chen começou entrar em crise e muitas de suas lojas fecharam. Conforme a edição do Sina, no tribunal o chinês admitiu ter pensado em dar o seu segundo filho a uma família decente para adoção, sob a alegação de que ele não tinha de criá-lo sem privações, mas a amante discordou. 

Tentativa de suicídio
Em outubro passado, sua esposa tentou suicidar-se por causa de grandes dívidas. Chen então vendeu seu segundo filho através da Internet a um homem da província de Hunan por 44 mil yuans (US $6,5 mil). Ele deu a sua esposa 23 mil yuans, mantendo o resto para si mesmo. Chen disse que ama sua esposa e seu primeiro filho mais do que a "segunda família".

Quando o juiz perguntou se Chen tinha alguma coisa a dizer, ele afirmou:

A criança foi mais tarde trazida de volta pela polícia. O promotor perguntou a Chen por que recebeu o dinheiro se ele só esperava encontrar pais decentes para seu filho. Chen disse: "Como eu teria sabido o status econômico da família se eles não me tivessem pago o dinheiro?"

No final, quando o juiz perguntou se Chen tinha alguma coisa a dizer, ele afirmou: "Agora, a criança está de volta. Só espero que ela tenha uma boa vida". O portal Sina não detalhou se o homem foi preso ou não.

As informações são do portal Sina

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias