Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pela primeira vez, Anvisa aprova registro de remédio à base de maconha

Loading...

CANNABIS MEDICINAL

Pela primeira vez, Anvisa aprova registro de remédio à base de maconha

O Mevatyl, à base de cannabis, é prescrito para o tratamento de adultos que tenham espasmos relacionados à esclerose múltipla - Foto: tuasaude.com

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou pela primeira vez o registro a um medicamento à base de cannabis sativa, a maconha, no Brasil. O Mevatyl é prescrito para o tratamento de adultos que tenham espasmos relacionados à esclerose múltipla. O registro na Anvisa é um documento obrigatório para que qualquer medicamento possa ser vendido no Brasil.

As regras para aprovar medicamentos à base de maconha foram aprovadas pela Anvisa em novembro do ano passado. O Mevatyl, conhecido fora do Brasil como Sativex, é aprovado em 28 países, entre eles, Canadá, Estados Unidos, Alemanha e Dinamarca.

Estudos clínicos feitos com o Mevatyl apontam que a dependência com o seu uso é improvável. O produto será comercializado com tarja preta e rotulagem  dirá que o uso ficará sujeito a recomendação médica por meio de notificação de receita A e de Termo de Consentimento Informado ao Paciente.

O medicamento é da empresa farmacêutica britânica GW Pharma Limited, e a detentora do registro do medicamento no Brasil é a empresa Beaufour Ipsen Farmacêutica Ltda., sediada em São Paulo (SP).

Uso medicinal
A maconha medicinal pode ser usada no alivio da dor forte e crônica, e no tratamento de diversos problemas e doenças como Alzheimer, epilepsia, dor, glaucoma, síndrome de Tourette, esclerose múltipla, espasticidade, náuseas e vômitos causados pela quimioterapia, anorexia e fraqueza e cansaço extremo em pacientes com Aids.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias