Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

 Operação com BID rende ao Paraná mais R$ 360 milhões para a segurança

Loading...

INVESTIMENTO

 Operação com BID rende ao Paraná mais R$ 360 milhões para a segurança

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (12), em Curitiba, uma operação de crédito no valor de US$ 67,2 milhões (R$ 215 milhões) com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O contrato prevê que o Estado aporte US$ 45 milhões (R$ 145 milhões) como contrapartida, totalizando R$ 360 milhões, que serão investidos em segurança pública por meio do programa Paraná Seguro. O objetivo do Paraná Seguro é reduzir os níveis de violência e criminalidade. 

“São R$ 360 milhões que vão ajudar em muito no desenvolvimento do Estado e de investimentos na área de segurança. Os recursos serão aplicados na construção de novas delegacias cidadãs, compra de novas viaturas, cursos de qualificação para os policiais”, disse Beto Richa. O governador ressaltou que o Estado percorreu um longo caminho para conseguir contratar o financiamento. 

“Vencemos toda a burocracia da administração pública, as exigências do governo federal e graças ao ajuste fiscal conseguimos melhorar nossa situação fiscal e nossa capacidade de pagamento. Hoje, quase quatro anos depois, estamos assinando o contrato”, disse.

Para Hugo Flórez Timorán, representante do BID no Brasil, a operação foi possível graças a boa situação fiscal do Estado. "E a segurança é uma prioridade para a América Latina, para o Brasil e para a opinião pública. O Paraná está fazendo isso, atuando no tema da prevenção. É muito importante ter uma visão integrada e não apenas de curto prazo", afirmou Timorán. 

Ajuste fiscal
O Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, mencionou que houve uma mudança de critério do governo federal, que passou a conceder aval em empréstimos internacionais apenas aos Estados com boa avaliação fiscal. “Hoje o governo federal só dá aval com nota A ou B e, graças ao ajuste fiscal, conseguimos melhorar o rating do Paraná, que passou de C para B”, disse Costa. 

Mais investimento
O secretário afirmou que essa condição abre espaço para que o Estado acelere a contratação de mais financiamentos. Há outras três operações em andamento e que devem ser assinadas em 2017. 

Uma delas no valor de R$ 150 milhões, com o Banco do Brasil, para investimento no Programa Rotas do Desenvolvimento, e que deve ser fechada no primeiro trimestre. As outras duas são com o BID: US$ 150 milhões (R$ 480 milhões) para investimento em infraestrutura, no Programa Paraná Urbano III, e US$ 235 milhões (R$ 750 milhões) para o BID V, para as áreas de infraestrutura, logística e transporte. 

“Somadas todas as operações de crédito previstas para serem assinadas em 2017, o Paraná deverá contar com R$ 1,6 bilhão em recursos adicionais, que serão recebidos nos próximos exercícios”, disse. 

Confira AQUI as operações de crédito previstas para serem assinadas em 2017 

Prazo
O contrato de financiamento com o BID é de 25 anos, com carência de cinco anos. A autorização para concessão de garantia da União e assinatura do contrato foi efetuada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, no dia 30 de novembro. O despacho saiu publicado no Diário Oficial da União do dia 2 de janeiro. Meirelles citou os pareceres favoráveis da STN e da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional para a liberação. 

Presenças
O evento contou a presença da vice-governadora Cida Borghetti; do especialista principal do BID em modernização do Estado, Dino Caprirolo; da procuradora da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, Fabiani Fadel Borin; do secretário de Planejamento, Cylleneo Pessoa Pereira; do secretário de comunicação, Márcio Villela; do presidente da Comec, Omar Akel; do diretor da Receita Estadual, Gilberto Calixto; do diretor de mercado da Fomento Paraná, Luiz Renato Hauly; do deputado federal, Luiz Carlos Hauly; e da secretária em exercício da secretaria da Família e Desenvolvimento Social, Leticia Raimundo.

Recursos serão usados na prevenção da criminalidade 
Dos US$ 67,2 milhões contraídos no empréstimo do Banco Interamericano (BID), US$ 56 milhões vão ser direcionados para a Secretaria da Segurança Pública para aplicação em eficácia policial na prevenção da criminalidade urbana. 

O restante será empregado na prevenção, reabilitação e reinserção social de jovens com alta incidência de fatores de risco associados à violência ou em conflito com a lei – através da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social. 

O secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita, explica que a ação vai se dar em três eixos regionais: Norte e Noroeste, Região Metropolitana de Curitiba e Tríplice Fronteira. “Vamos atuar na prevenção da criminalidade, especialmente na faixa de jovens de 15 a 24 anos”, disse. 

Inteligência
Um dos principais projetos, que deve absorver US$ 4,5 milhões, é a construção de um centro de inteligência integrado. “O objetivo é melhorar a gestão da informação. O centro vai funcionar 24 horas e possibilitar o compartilhamento de dados entre Polícia Militar e Civil”, diz. 

Os recursos da Secretaria de Segurança Pública serão aplicados ainda na compra de mais de 1.000 viaturas – dentre elas motocicletas e vans -, na construção de prédios tanto para a Polícia Civil quanto para a Militar, além de capacitação das polícias em atendimento comunitário, direitos humanos, mediação de conflitos e análise criminal. 

O programa prevê a construção de sete delegacias cidadãs e da sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba. No âmbito da PM, os recursos servirão para a construção da sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), unidade de elite da polícia militar; do Batalhão de Fronteira, Batalhão de Patrulha Escolar, da Escola de Bombeiros, da Sede do 9º Grupamento de Bombeiro, além de dois Comandos Regionais da PM e reforma da Academia Policial Militar do Guatupê.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57