Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

PRF registra mais de 2 mil acidentes durante festas de fim de ano

Loading...

BALANÇO

PRF registra mais de 2 mil acidentes durante festas de fim de ano

PRF registrou 2.769 acidentes nas rodovias federais que cortam o Brasil

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 2.769 acidentes nas rodovias federais que cortam o Brasil durante as festas de final de ano - Natal e Ano Novo. Os números foram contabilizados no período de 23/12 até o último domingo, 01/01.

De acordo com os números, os acidentes resultaram em 2.868 feridos e 225 mortos. Durante o período, do total de acidentes 500 (quinhentos) foram acidentes graves - que são aqueles onde se resultam pelo menos um ferido grave ou um óbito.

COMPARATIVO
As festas de fim de ano entre 2015 e 2016 foram em período distinto das festas do período entre 2016 e 2017. No ano anterior os deslocamentos em rodovias federais em razão dos festejos de final de ano começaram no dia 23 de dezembro de 2015, caindo em uma quarta-feira, situação igual ao período de ano novo, onde o dia 31 de dezembro de 2015 foi uma quinta-feira.

Já em 2016, as festas se concentraram nos finais de semana, com festejos de Natal e Ano Novo sendo comemorados na noite do sábado para domingo.

Assim, utilizando os períodos que englobam os deslocamentos iniciais (considerado 23 de dezembro em ambos os anos) e os deslocamentos finais pós final de ano (ano passado, domingo 03 de janeiro, e este ano domingo 01 de janeiro), tem-se uma média diária de 25 óbitos em 2015/16 e de 22,5 óbitos em 2016/17, registrando uma diminuição de 10% na comparação entre as médias diárias dos dois períodos. O mesmo acontece com acidentes graves, onde se tem uma média diária de 68,2 acidentes graves em 2015/16 e 50 em 2016/17. 

PARANÁ
Durante a Operação Réveillon, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) registrou 69 acidentes nos cerca de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais no Paraná. Houve queda de 25% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando ocorreram 93 acidentes. Desde as 8h de sexta-feira (30) até às 8h desta segunda-feira (02), seis pessoas morreram e 72 ficaram feridas. No ano anterior, durante a mesma operação, 82 pessoas ficaram feridas – uma queda de 12% - e nove morreram (- 33%). Os policiais militares rodoviários emitiram ainda 1.450 autuações de trânsito. No Litoral do Estado, não houve nenhum acidente de trânsito com óbito em rodovias estaduais. 

De acordo com os dados do BPRv, em todo o Paraná, as equipes policiais fizeram 612 testes etilométricos (teste do bafômetro) nas estradas estaduais no período. Foram efetuadas três prisões por embriaguez ao volante (artigo 306) e emitidas seis multas pela mesma infrações (artigo 165). As ações de fiscalização também resultaram em 68 veículos retidos por irregularidades e outras pendências administrativas. 

No ano passado, foram 300 testes etilométricos (um aumento de 104%), além de três autuações pelo artigo 165 e uma prisão pelo artigo 306.Para fiscalizar o excesso de velocidade, o BPRv colocou policiais militares com radares móveis em pontos onde historicamente ocorrem mais infrações. A atividade resultou em 3.309 imagens por radar neste ano, contra 5.483 imagens feitas no mesmo período de 2015/16.

LITORAL
A atuação da Polícia Militar também se concentrou nas rodovias estaduais que cortam o Litoral paranaense, onde houve 14 acidentes, oito pessoas feridas, 61 exames etilométricos, 305 autuações de infração de trânsito e 1619 imagens de radar por excesso de velocidade. No período do mesmo feriado no anterior, foram 21 acidentes, 11 feridos, 19 testes etilométricos, 149 autuações e 461 imagens por radar.“Os números se estabilizaram em comparação ao passado, mas a maior conquista foi não ter nenhum óbito nas rodovias estaduais que cortam o Litoral, assim como em 2016. Isso se deve à maior presença dos policiais militares, à intensificação do policiamento e da fiscalização”, destaca o comandante da 1ª Companhia do BPRv, capitão Cunha. O oficial mencionou ainda que a embriaguez ao volante foi reprimida com a fiscalização. “Neste ano tivemos um aumento no número de testes etilométricos devido a maior presença do BPRv nas estradas, pois o objetivo é inibir a esse delito e, assim, evitar acidentes e mortes”, complementou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

20/01/2017 - 12h48

OBITUÁRIO

SÃO PEDRO DO IVAÍ 20/01

JOÃO TOMAZ, 74 anos

APUCARANA 20/01

FLORISVALDO GRANADO, 61 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1895 · 18/01/2017

02 03 05 10 15 34