Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Agente de cadeia se passa por policial civil e tenta extorquir R$ 50 mil de comerciante

Loading...

PARANÁ

Agente de cadeia se passa por policial civil e tenta extorquir R$ 50 mil de comerciante

Polícia Civil ainda não tem pistas sobre os autores do crime. Foto: Arquivo TN

Uma investigação da Polícia Civil culminou na prisão de dois homens - entre eles um agente de cadeia - que se passavam por policiais para tentar extorquir R$ 50 mil de um comerciante em Curitiba, no Paraná. Os dois foram presos no começo da semana no centro da capital do Estado. Segundo a polícia, a dupla conseguiu receber R$ 3 mil da vítima, caso contrário implantariam drogas no estabelecimento dela. 

O agente de cadeia, Herculano Bocchi Neto, 33 anos,se apresentava como “policial Rodrigues” e seu comparsa Luiz Antonio de Azevedo Santos, 31 anos, como “policial Antonio". As investigações começaram quando a vítima procurou a delegacia informando que duas pessoas que se diziam policiais, estavam exigindo o valor de R$ 50 mil, caso contrário implantariam drogas em seu estabelecimento para prendê-la.

Durante a extorsão, os suspeitos chegaram baixar o valor solicitado à vítima para R$ 20 mil e com medo das ameaças, a vítima acabou entregando o valor de R$ 3 mil a dupla.

“Um dos suspeitos que se apresentou como 'policial Rodrigues' ligou para a comerciante por diversas vezes, reiterando as ameaças para que ela entregasse o restante do dinheiro exigido”, conta o delegado responsável pelas investigações, Geraldo João Celezinski.

O delegado conta ainda que a prisão da dupla ocorreu depois que um dos suspeitos ligou para o estabelecimento exigindo novamente o dinheiro da vítima. “A nossa equipe já estava nas imediações e acabamos efetuando a prisão dos envolvidos”, relata.

Imagens do circuito de segurança do estabelecimento auxiliaram nas investigações. Ambos foram reconhecidos pela vítima e testemunha.

Os suspeitos responderão pelos crimes extorsão qualificada e falsidade ideológica. Ambos aguardam presos à disposição da Justiça.

Sindicância
De acordo com o Depen, Herculano Bacchio Neto foi contratado através do Processo Seletivo Simplificado (PSS), no dia 12/08/2016, para atuar como Agente de Cadeia. Atualmente, estava lotado na Delegacia de Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Uma sindicância interna será aberta para apurar o caso na Corregedoria do Departamento Penitenciário (Depen).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57