Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Colégios ocupados no Paraná totalizam 210; professores confirmam greve

Loading...

PROTESTOS AUMENTAM

Colégios ocupados no Paraná totalizam 210; professores confirmam greve

- Atualizado em 13/10/2016 16:09
Colégio ocupado por estudantes em Maringá, na região norte do Paraná - Foto - Ângelo Rigon

As ocupações de colégios da rede estadual de ensino no Paraná já chegam a 210 em 49 municípios do Estado, além de três extensões educativas da Unioeste. O número foi divulgado pelo Movimento Ocupa Paraná na tarde desta quarta-feira, 12. 

O governo do Paraná não divulga um número oficial, mas, na tarde de terça-feira, 11, indicou que aproximadamente 100 colégios estavam ocupados - já o grupo contabilizava 150).

Ivaiporã
Na noite de ontem (11), dezenas de estudantes da Escola Estadual Bento Mossurunga, em Ivaiporã (norte do Estado), decidiram aderir ao movimento e ocuparam o estabelecimento. A Polícia Militar foi chamada para negociar a saída dos estudantes, que garantiram que só vão deixar o local com uma ordem judicial.

Presença da polícia
De acordo com a PM, a chefia do Núcleo Regional de Educação (NRE) solicitou a presença da polícia na escola para acompanhar os protestos. Os policiais militares conversaram com os líderes da manifestação, que reuniu cerca de 30 pessoas – a maioria adolescentes. Eles apresentaram documentos escritos à mão dizendo ter autorização dos pais para permanecerem no local.

Um dos líderes do protesto, que tem mais de 18 anos, garantiu aos policiais que o movimento é pacífico e que a escola não sofreria nenhum tipo de dano. 

Reintegração negada
Apesar da negociação, os alunos ficaram irredutíveis e disseram que vão ficar na escola até que uma ordem judicial obrigue a saída do grupo. O governo já do Estado entrou com alguns pedidos de reintegração de posse, que foram indeferidos pela Justiça.  

Motivos
O movimento protesta contra as medidas do governo federal que limitam gastos para a Educação, preveem a retirada de disciplinas dos currículos escolares e aumentam o período de ensino nas salas de aula. Além da ocupação, os professores da rede estadual aprovaram em assembleia, pela manhã, uma greve que deve ser iniciada na segunda-feira, 17.

Nota do governador
No início da noite de terça, o governador Beto Richa (PSDB) divulgou, por meio da assessoria, uma nota na qual dizia estar aberto ao diálogo. "Quero me dirigir aos estudantes das escolas públicas do Paraná, a todos os professores, pais e mães que estão aflitos com a situação criada após a edição da medida provisória; todos concordamos que essa medida precisa ser amplamente debatida antes de ser implantada. É preciso ouvir opiniões, debater as propostas, identificar as divergências e construir as soluções", disse.

"No nosso Estado, os estudantes que ocupam escolas precisam saber que estamos abertos ao diálogo, ao debate e às boas ideias para construir uma reforma que realmente traga mais qualidade ao ensino médio e abra novas perspectivas para a nossa juventude", completa nota.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60