Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Servidores são treinados para multiplicar informações sobre o aedes aegypti em Curitiba

Loading...

COMBATE À DENGUE

Servidores são treinados para multiplicar informações sobre o aedes aegypti em Curitiba

O trabalho deve garantir que a população esteja bem informada e atuante no controle - Foto: Prefeitura de Curitiba

Agentes comunitários de saúde e gestores de distritos sanitários e unidades básicas de Curitiba participaram nesta semana de uma capacitação sobre o controle do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

A intenção da Secretaria Municipal de Saúde é transformar essas pessoas em multiplicadores de informação para que o serviço à população seja prestado em todos os bairros da cidade.

De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Controle da Dengue, Juliana Martins, o curso teve como objetivo esclarecer dúvidas e capacitar as pessoas para que elas repassem, de forma assertiva, as informações necessárias sobre o combate ao mosquito. “Dessa forma, conseguimos estabelecer um diálogo mais direto e efetivo com quem precisamos atingir, pois existe uma demanda enorme de igrejas, escolas e empresas que precisam de mais informações didáticas. Assim, nossos agentes também estarão mais preparados para atender as zonas de risco”, afirma.

VARREDURA - Nesta semana, a secretaria municipal deu início a uma varredura no entorno das unidades de pronto-atendimento (UPA) de Curitiba. Como os equipamentos devem ser os mais procurados por pessoas com suspeita de dengue, zika ou chikungunya, uma área com raio de 300 metros a partir das unidades será monitorada com mais frequência para eliminar possíveis focos de proliferação do mosquito.

“Não podemos permitir que pessoas doentes sejam picadas por estes mosquitos. Esse cuidado deve ser mantido inclusive no entorno das casas desses pacientes para não aumentarmos o risco de transmissão para outras pessoas. Com isso, contamos com o apoio de toda a população”, afirma o secretário municipal da saúde, César Monte Serrat Titton.

ATENÇÃO CONSTANTE - Conforme com a bióloga da Secretaria Tatiana Fioroti Robaina, a atenção dos agentes de saúde no atendimento dentro das unidades e a varredura das equipes de combate ao mosquito devem ser constantes. O trabalho deve garantir que a população esteja bem informada e atuante no controle do aedes aegypti. “Precisamos garantir que estamos todos falando a mesma língua, pois a dengue é uma questão de política pública. O carnaval está quase aí e é uma época em que muitas pessoas viajarão para áreas de risco e com maior incidência de casos”, pontua.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 08/12

ÂNGELO RODRIGUES, 70 anos

CALIFÓRNIA
ENACIR MARIA CARDOSO, 53 anos

JANDAIA DO SUL 08/12

MARIA DO ROSARIO DE SOUZA BORGES, 50 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60