Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Suposto pastor é preso por não pagar pensão alimentícia

Loading...

APUCARANA

Suposto pastor é preso por não pagar pensão alimentícia

Foto: Pixabay/imagem ilustrativa

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana (norte do Paraná), José Aparecido Jacovós, relatou nesta terça-feira (8) que um suposto pastor foi preso na cidade em decorrência de mandado judicial expedido por falta de pagamento de pensão alimentícia. De acordo com Jacovós, o religioso pregava o Evangelho em igrejas na Vila Regina, na zona oeste de Apucarana, e em Sarandi, na região de Maringá. 

"Em interrogatório feito por preliminarmente por investigadores da 17ª SDP, o pastor confirmou que fazia pregações em denominação evangélica de Apucarana e Sarandi Agora ele encontra-se detido, à disposição da Justiça"", afirmou o delegado. Jacovós acrescentou que atualmente 14 homens estão presos em Apucarana por não honrar pagamentos desta natureza.

Um sexto das detenções
A falta de pagamento de pensão alimentícia está gerando outro grave problema, além de deixar filhos desamparados. O já combalido sistema carcerária de Paraná está cada vez mais sobrecarregado pelo aumento significativo das prisões decorrentes da inadimplência no pagamento do benefício, que já chegam a quase um sexto de todas as detenções realizadas no Paraná no mês de agosto, segundo a polícia. 

Outras prisões
Na tarde desta terça-feira (8), a Polícia Civil apresentou cinco pessoas detidas, sendo três por falta de pagamento de pensão, um por furto e outro por homicídio. 


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias