Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Assistência social realiza conferência municipal

Loading...

GARANTIA DE DIREITOS

Assistência social realiza conferência municipal

Debates apontarão as propostas que vão nortear as políticas públicas nesta área para os próximos dois anos. - Foto: Edson Denobi

Com o tema “Garantia de direitos no fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Apucarana está realizando nesta quinta-feira (13/07) a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social. Os debates, previstos para acontecer ao longo do dia na sede da Adefiap, apontarão as propostas que vão nortear as políticas públicas nesta área para os próximos dois anos.

A conferência é promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social e conta com a participação de gestores públicos, trabalhadores do SUAS, usuários do sistema, entidades e organizações de assistência social, além de representantes dos poderes Legislativo e Judiciário.

A secretária municipal de Assistência Social, Ana Paula Nazarko, representou na abertura do evento o prefeito de Apucarana, Beto Preto, enquanto a vereadora Márcia Sousa falou em nome do Legislativo. Também estiveram presentes o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Maicon Almeida,  secretária da Mulher e Assuntos da Família, Denise Canesin Machado, e a professora e mestre em serviço social, Claudiana Tavares, responsável pela palestra magna.

“Pensar a garantia de direitos e as políticas públicas gera uma grande responsabilidade. Isso é construído pelos participantes através de painéis e palestras, na organização de grupos de trabalho por eixo temático e na realização de plenárias para a deliberação das propostas”, cita Nazarko.
A vereadora Marcia Sousa conclamou os participantes a fazerem a tarefa de casa, ressaltando que as decisões tomadas nos debates embasarão a política nacional de assistência social. “O que a gente contrói aqui é o que vai para o governo estadual e o federal, pois eles tomam por base o que é deliberado  nas conferências municipais.

Portanto, esta é uma grande oportunidade e um momento de decisão”, pontua.
A professora e mestre em assistência social, Claudiana Tavares, alertou que os debates devem levar em consideração o panorama político e econômico do País. “Temos que nos ater à realidade do contexto de Apucarana e também o panorama tenso vivido pelo País, na economia e na política. Nós tivemos aprovada a reforma trabalhista e isso significa a perda de direitos”, afirma, destacando que as  propostas devem considerar também este novo cenário.

Durante a conferência seriam escolhidos os representantes da sociedade civil que irão compor o conselho municipal de assistência social na gestão 2017/2019. Já os debates resultarão em dez deliberações para o Município, quatro para o Estado e quatro para a União. Também serão escolhidos os delegados que vão para a conferência estadual, que acontecerá de 4 a 6 de outubro, em Curitiba, e a conferência nacional que vai ocorrer de 5 a 8 de dezembro, em Brasília.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias