Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Correção do IPTU atinge 41% dos imóveis em Apucarana 

Loading...

ECONOMIA

Correção do IPTU atinge 41% dos imóveis em Apucarana 

Última atualização, antes deste levantamento, havia sido feita da década de 90. (Foto - Delair Garcia)

Dezoito mil imóveis ampliaram a área construída nos últimos anos em Apucarana. O número representa 41% do total das edificações. O levantamento foi feito no segundo semestre do ano passado e serve como base de cálculo para a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), o que causou surpresa para muitos contribuintes, além da correção da inflação do período de 11,9%. 

O secretário da Fazenda, Marcello Machado explica que a atualização, que foi feita com base num sistema de mapeamento aéreo, era necessária. “A última atualização havia sido feita na década de 1990. Apesar de ser uma obrigação legal, alguns proprietários fazem reformas ou ampliação da área construída e não fazem as alterações necessárias na Prefeitura, o que gera essa defasagem”, avalia.

Machado, entretanto, revela que ficou surpreso com o número. “Nós sabíamos que existia uma defasagem, mas não imaginávamos que era tão expressiva. A nova medicação serve para base de cálculo do IPTU. O contribuinte que não fez a regularização na Prefeitura deve fazer”, explica. Com a atualização de área dos imóveis, a expectativa de arrecadação é maior que em 2016, que registrou a cifra de R$ 16 milhões. “A estimativa é arrecadar R$ 22 milhões com o pagamento do tributo”, calcula. A previsão de 2017 é 37% superior ao ano de 2016.

Outro ponto observado pelo secretário é a valorização imobiliária. “Nós fizemos uma atualização da planta de valores dos imóveis de 2013/2014, mas ainda assim não aplicamos o valor de mercado. São correções necessárias, uma vez que estavam defasados os valores. As atualizações, tanto da planta de valores quanto de área, tratam-se de justiça fiscal”, pontua.

(Leia a reportagem completa nas edições impressa ou digital da Tribuna do Norte)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias