Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Serviço de abordagem social encaminha andarilhos para centros de acolhimento

Loading...

ASSISTÊNCIA

Serviço de abordagem social encaminha andarilhos para centros de acolhimento

A Guarda Municipal de Apucarana (GMA) e a Secretaria Municipal de Assistência Social mantêm um trabalho permanente de abordagem e atendimento das necessidades imediatas dos andarilhos. A cada dia, de 5 a 10 pessoas em situação de rua, que estão de passagem por Apucarana, são abordadas e encaminhadas para a rede de serviços assistenciais.

A GMA realiza esse trabalho diariamente e, uma ou duas vezes por semana, a atividade é feita à noite, em conjunto com a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social. De acordo com Alessandro Pereira Carletti, comandante da Guarda Municipal, os principais locais de concentração dos andarilhos são praças públicas, restaurantes, supermercados e comércio. 

“A abordagem é um trabalho que já realizamos diariamente. Verificamos as necessidades imediatas e encaminhamos para o CRAS, Centro Pop Resgate Social e Abrigo Pop”, cita Carletti, acrescentando que a corporação também atua a partir de denúncias da população, especialmente relativas à perturbação da ordem pública. Na rede de proteção social, as pessoas em situação de rua têm a possibilidade de receber passagens para que sigam seus destinos, um local para o pernoite e alimentação e do encaminhamento para o mercado de trabalho, além de várias outras atividades que visam a ressocialização. No momento da abordagem, a GMA também verifica a ficha de antecedentes criminais. 

“Infelizmente, boa parte deles têm passagem policial. Caso eles estejam em débito com a Justiça, como por exemplo um mandado de prisão em aberto, encaminhamos o caso para a 17ª Subdivisão Policial”, esclarece. 

O comandante da Guarda Municipal pede a ajuda da população, buscando orientar adequadamente os andarilhos a buscar os serviços da rede de proteção social. 

“Apucarana possui toda uma estrutura de atendimento. Se possível, pedimos para que a população não dê dinheiro e sim oriente corretamente”, solicita. A população pode solicitar o Serviço Especializado de Abordagem Social pelos telefones 3422-3672, 98834-2029 ou 99654-7993.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias