Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Polícia Civil de Apucarana apresenta cinco suspeitos presos por homicídio e tentativa

Loading...

INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil de Apucarana apresenta cinco suspeitos presos por homicídio e tentativa

A Polícia Civil de Apucarana apresentou na tarde desta segunda-feira (22/02), cinco suspeitos investigados por envolvimento dois assassinatos e uma tentativa de homicídio. Os homens foram presos mediante cumprimento de mandados de prisão expedido pelo judiciário.  

Entre os detidos estão Osmar de Souza, 28 anos e Rubens Rodrigues da Silva, 47 anos, que segundo a polícia têm participação na morte de Wiliam Júnior Silvério, 20 anos. O jovem foi assassinado neste ano, com dois tiros, um no pescoço e outro no tórax, na madrugada de 13 de fevereiro, no Núcleo Marcos Freire. A polícia apurou que a briga teria começado entre os dois suspeitos e que o jovem teria sido atingido durante troca de tiros. Ainda de acordo com a polícia, Silva foi localizado devido a um mandado de prisão em aberto relacionado a um espancamento seguido de morte ocorrido há 20 anos em Maringá.

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), José Aparecido Jacovós, disse durante entrevista que testemunhas apontam Osmar como o autor dos disparos que mataram a vítima e que a Justiça decretou a prisão por conta dos indícios. "Neste casos existem fortes indícios da autoria e que efetivamente Osmar foi autor do homicídio de Wiliam", comenta.

Uma das informações obtidas pela polícia é que os dois detidos se envolveram em uma confusão e que a vítima não teria se envolvido na briga.

"É uma possibilidade, mas a polícia está clareando mais essa informação", conclui o delegado.

Ambos os detidos alegaram inocência. Os advogados de Souza declararam à reportagem que ele agiu em legítima defesa. “Tudo aconteceu em uma boate ele atirou para se defender”, reitera o advogado Luciano Sacchelli Barbosa Oliveira.

Outros casos - A polícia também prendeu em caráter temporário Dionatan Ricardo Kongenski, 25 anos e Alessandro Oliveira dos Santos, 31 anos suspeitos de assassinar o colombiano Danny Alexsander Duque Vasquez, 25 anos. O crime aconteceu em 11 de setembro do ano passado, no Núcleo Osmar Guaracy Freire.

"Os dois estão envolvidos diretamente na morte do colombiano com depoimento de testemunhas oculares do crime. A justiça decretou a prisão baseada nestes depoimentos. Há indícios de autoria. A polícia não pede prisão de ninguém  sem subsídios. Quando o juiz da parecer favorável a prisão é porque a polícia apresentou provas suficientes", assinala.

Segundo a polícia, o colombiano teria emprestado dinheiro aos suspeitos e teria cobrado a dívida. 

Murilo Henrique Romero de Carvalho, 18 anos, conhecido como 'matador' por tentar matar duas pessoas (mãe e filho) no ano passado, na região do Projeto Agrícola, em janeiro deste ano. Carvalho também é investigado por tráfico de drogas. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 24/02

MARIA DE OLIVEIRA MARICATO, 74 anos
CACILDA LEITE DE SOUZA, 82 anos

IVAIPORÃ 23/02

MARIA JOSÉ PEREIRA, 90 ANOS
MARTA MARIA DA SILVA OLIVEIRA, idade não divulgada
SEBASTIANA RECHE RIBEIRO, 87 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48