Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Prefeitura de Apucarana investe R$ 4,6 milhões em iluminação pública

Loading...

ORDENS DE SERVIÇO

Prefeitura de Apucarana investe R$ 4,6 milhões em iluminação pública

Prefeitura de Apucarana investe R$ 4,6 milhões em iluminação pública - Foto: Divulgação

Em ato no gabinete municipal, o prefeito de Apucarana, Beto Preto assinou na terça-feira (16/02), ordens de serviço que vão garantir tanto o inventário e cadastramento informatizado, a expansão da rede a lugares que a benfeitoria ainda não existe, quanto a modernização do sistema de iluminação pública de Apucarana.

Com recursos próprios, o investimento chega a R$4,6 milhões e vão garantir um sistema mais moderno e eficiente à população. Os trabalhos de inventário e cadastramento informatizado (georeferenciamento) de todos os pontos de iluminação públicas do município, incluindo os distritos, serão de responsabilidade da Engeluz Iluminação e Eletricidade Ltda e terá custo de R$122.475,00. Os serviços de construção de rede aérea de energia elétrica para ampliação de rede de iluminação serão executados pela Pupo Engenharia Ltda, com investimentos de R$417.454,00. Já a modernização de cerca de 30% de todo o parque de iluminação instalado na cidade, com troca de cerca de 5 mil luminárias por outras mais eficientes, ficou a cargo da Tecnoluz Eletricidade Ltda e representa investimento na ordem de R$ 4.053.370,40.

“São três grandes ordens de serviço onde na prática já estamos encarando como um preparo para os próximos meses, quando a prefeitura vai assumir também os serviços de manutenção prestados atualmente pela Copel. Um investimento de quase R$5 milhões, como nunca houve em Apucarana. Fruto de recursos economizados pela prefeitura e agora revertidos para a população, que contribui mensalmente com o pagamento de taxa específica”, salientou o prefeito Beto Preto. Ele lembra que em recente reunião realizada com presidentes das associações de moradores, a principal reclamação foi a manutenção da iluminação pública, uma responsabilidade da estatal.

“Com este pacote de investimentos iremos acabar com as lâmpadas de mercúrio, que desde o ano de 2002 estão proibidas de serem instaladas. Vamos ainda levar a rede de iluminação a vias onde ela ainda não existe, em ruas do Marcos Freire, Mathias Hoffmann, Vale Verde, Ponta Grossa, Jardim América, Dom Romeu, Sanches dos Santos, Bela Vista, Vila Reis, viaduto do Núcleo João Paulo, entre outros locais já mapeados e que serão passados a empresa executora. Enfim, vamos deixar o ir e vir dos apucaranenses no período da noite ainda mais seguro e confortável. Iluminação também é segurança pública”, definiu o prefeito. As lâmpadas que forem retiradas da área central e que ainda tiverem utilidade serão remanejadas para avenidas e entradas de diversos bairros.

O teor técnico das ordens de serviço foram detalhadas pelo superintendente de Projetos do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), engenheiro eletricista Lafaiete Luz. “O inventário e cadastramento informatizado de todos os pontos de iluminação da cidade vão ser ferramentas muito úteis para o município, sobretudo a partir do momento em que a prefeitura assumir também a manutenção do sistema, hoje responsabilidade da Copel. Cada poste vai ter um cadastro com imagem e receberá um número no sistema, com todas as características constando tipo de luminária, tipo de lâmpada, qual potência, e será etiquetado com este número, facilitando sua identificação, por exemplo, quando uma pessoa ligar pedindo a troca de uma lâmpada”, disse.

EXPANSÃO - Com relação à expansão da rede, Lafaiete informou que a empresa irá realizar diversos serviços. “Basicamente irá levar a estrutura de iluminação para trechos onde hoje não existe. São muitos pontos. O serviço já será feito nos moldes da modernização autorizada pelo prefeito, na ordem de R$4 milhões, e garantirá maior eficiência ao sistema. Gradativamente vamos eliminar todas as lâmpadas antiquadas por outras mais modernas e de alto rendimento”, resumiu o superintendente. Ele frisa que na semana que vem deve ser lançado edital visando a contratação de uma empresa especializada em manutenção da rede de iluminação pública, que ficará subordinada à prefeitura. O inventário com cadastramento informatizado de todos os pontos da cidade já teve início. “As outras duas ordens de serviços devem iniciar dentro de 10 dias”, anunciou Lafaiete. Além dos representantes das empresas vencedoras, o ato de assinatura dos contratos também foi acompanhado pelo vice-prefeito Júnior da Femac e pelo secretário Municipal de Gestão Pública, Nicolai Cernescu Júnior.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41