Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dia do Boné é comemorado em Apucarana, no Norte do Paraná

Loading...

DATA EMBLEMÁTICA

Dia do Boné é comemorado em Apucarana, no Norte do Paraná

Produção de bonés em Apucarana: mais de 500 empresas na cidade e geração de mais de 15 mil empregos diretos e indiretos - Foto: TNONLINE

A Governança do Arranjo Produtivo de Bonés (APL) e o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana (região Norte do Paraná) e Vale do Ivaí (SIVALE) realizam  na quinta-feira (4) um café da manhã para celebrar o Dia do Boné, comemorado no dia 31 de janeiro.

A data foi instituída para marcar o dia da abertura da primeira empresa de bonés em Apucarana, a Cottons. O APL de Bonés comemora essa data fazendo homenagens às pessoas que fazem parte da cadeia produtiva do boné. Em anos anteriores foram homenageados os primeiros fabricantes, a primeira costureira, o primeiro serígrafo, as empresas que praticam responsabilidade social e colaboradores que tiveram ideias inovadoras. Neste ano serão homenageados os colaboradores que se destacaram no ano de 2015.

APUCARANA O boné completa mais de 40 anos de história em Apucarana, tornando-se um setor que congrega atualmente mais de 500 empresas e gera mais de 15 mil empregos diretos e indiretos. Além de autoridades municipais, o evento comemorativo, denominado “Café com Boné”, marcado para as 8 horas desta quinta-feira, na sede do SEBRAE, tem como convidados o prefeito de Apucarana, Beto Preto, empresários do setor e entidades parceiras.

Produção da Copa das Confederações foi um primeiro teste para confecções de Apucarana. (Foto: Sérgio Rodrigo)


HISTÓRIA DO BONÉ - As histórias da invenção/criação  e o próprio uso do boné divergem entre locais, datas e materiais,mas conforme o site griffecompany.com.br, o inicio deve ter sido mesmo no Egito, como quase tudo no mundo, mas o artefato usado na época era muito diferente do que temos hoje, era algo feito com couro que servia para proteger a cabeça do sol e depois virou até “marca” de tribos passando a  ser usado como um adorno.

A evolução deste chapéu para mais próximo do Cap que conhecemos veio muito tempo depois na França. A própria origem etimológica vem de um oficio de pessoas que teciam malhas que eram usadas para cobrir a cabeça. Essas pessoas eram chamadas de Boné. Uma outra versão já mais aproximada , com separação e uma aba mais acentuada tem registros de cerca de 200 anos nos mercados europeus, usados pelos trabalhadores , principalmente de açougues e tabernas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

22/02/2017 - 09h32

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57