Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Unimed Apucarana coleta 30 kg de medicamentos vencidos

Loading...

NORTE DO PARANÁ

Unimed Apucarana coleta 30 kg de medicamentos vencidos

​Polícia realiza operação nesta quarta-feira (4) para coibir roubos de cargas de remédios na região de Curitiba- Foto - Divulgação

A Unimed Apucarana coletou, ao longo de 2015, trinta quilos de medicamentos vencidos. A iniciativa, que existe desde 2013, faz parte do Programa de Gerenciamento de Resíduos em Saúde (PGRSS). O objetivo é minimizar a produção de resíduos de saúde e proteger trabalhadores, a saúde pública e o meio ambiente dos riscos gerados por este tipo de material.

De acordo com analista de atenção à saúde da Unimed Apucarana, Shyrlei Chiezi, colaboradores, clientes e médicos cooperados que não dispõem do serviço de coleta de medicamentos vencidos em seus consultórios podem fazer o descarte nas duas unidades da Unimed na cidade, na Rua Renê Camargo de Azambuja, 430, e na Rua Rio Branco, 437. “Após cumpridas todas as etapas de coleta, os medicamentos são encaminhados para a empresa Servioeste, que passa mensalmente nestes pontos coletando os resíduos. Esta empresa também é responsável pela incineração do material”, explica Shyrlei.

A colaboradora assinala que os medicamentos entregues devem estar, de preferência, em embalagens originais, para posterior separação. O ideal é evitar deixar comprimidos soltos. Produtos de higiene e conforto, como sabonetes, shampoos, esmaltes e cremes, não fazem parte desta coleta. Estes itens devem ser descartados no lixo comum residencial.Shyrlei aponta que o descarte inadequado de remédios vencidos traz risco de reutilização indevida de sobras, o que pode acarretar intoxicações e outras reações adversas graves.

“Também há a agressão ao meio ambiente, com a contaminação da água, solo e animais, quando os medicamentos são descartados incorretamente, no ralo e esgoto”, pontua a analista.Em 2014, o PGRSS coletou 96 kg de medicamentos vencidos em Apucarana. Boa parte veio de consultórios médicos. Para Shyrlei, a queda na quantidade recolhida mostra que houve, entre os cooperados, uma mudança de hábito em relação à seleção e disponibilização aos clientes do estoque de amostra de medicamentos disponível nas clínicas e diminuição de entrega das amostras pelos representantes laboratórios. “Notamos que as datas de vencimento dos produtos estão bem mais atuais”, comenta.

Além dos medicamentos vencidos, a Unimed Apucarana recebe remédios que estão com validade dentro do prazo. Se a embalagem ainda estiver lacrada e o medicamento não exigir acondicionamento especial, o material é doado a instituições onde pode haver aproveitamento. Já se a embalagem estiver aberta, o produto é descartado com medicamentos vencidos.Entre as possíveis causas para sobras de remédios estão a dispensação além da quantidade exata para o tratamento do paciente, a distribuição aleatória de amostras grátis e a falta de informação da população sobre prevenção e cuidados básicos de saúde.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 01/12

ALZIRA GUERINO, 88 anos
MARCOS ANTÔNIO PEGORER, 52 anos
ARMANDO TOALIARI, 79 anos

APUCARANA 01/12

JESUÍNO JOSE RIBEIRO, 84 anos
CLEMENTE LEITE DA SILVA, 77 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1881 · 30/11/2016

03 10 30 44 53 56